18 de novembro de 2015

Mensagem Pastoral: Deus ainda continua falando. Você consegue ouvir a Sua voz?

No Éden, Deus falava com Adão até quando este pecou. Deus falou com Noé orientando-o para salvar-se e também falou com Abraão. Sua Palavra começou a se tornar rara no período dos juízes (1Sm 3.1 – NVI). Na época, eles tinham certamente bons teólogos e hermeneutas, ouviam a voz dos homens, mas Deus raramente falava.

A passividade do sumo sacerdote Eli, a sua tolerância com o pecado, teve grande influência na vida do povo de Deus. O nível moral estava baixo, os filhos de Eli usavam garfos grandes para retirar o melhor do sacrifício para eles; havia até quem se prostituísse com mulheres na porta da Tenda. O nível espiritual de forma geral caiu assustadoramente. A Palavra de Deus era substituída por falácias dos homens.

Há muita semelhança com o comportamento de alguns em nossos dias. Profissionais de púlpitos se esmeram no sensacionalismo, estão usando até a parapsicologia, regressão, quebra de maldição e outros artifícios para iludir o povo, já que Deus não mais se manifesta no meio deles e, por não terem a autoridade da Palavra de Deus, não conseguem mais expulsar demônios: estão amarrando.

Quando Deus não fala, o povo se corrompe e as consequências são desastrosas. Não há alegria, progresso, crescimento, poder, manifestação da glória divina; os cultos são mornos e até frios, não há glorificação, o povo fica em silêncio. Queremos ouvir a voz dAquele que mandou o mar se aquietar e o vento se acalmar! Desejamos ouvir a voz que chamou Lázaro do mundo dos mortos! A voz que repreende tempestades, que cura enfermos. Queremos ouvi-la hoje! Quando Deus não fala, o povo se desvia, o pecado avassala a igreja. Sem ouvirmos Sua voz, o Diabo engana obreiros e crentes tornam-se mundanos e avarentos. Se Deus não falar, não teremos mensagens para a Igreja, falece a nossa esperança, a vida se torna insuportável, as famílias não se entendem, o ministério torna-se meramente acadêmico. Peçamos a Deus que Ele continue falando conosco, seja do meio da sarça ou do meio da nuvem, mas precisamos ouvir a Sua voz.

Quando Deus fala, a igreja envia missionários (At 13.2); os diáconos se tornam fagulhas de fogo nas mãos de Deus, vão pregar em Gaza ou mesmo em Samaria; os pastores atravessam a Macedônia e, se necessário, pregam na Ilha de Malta; e não precisamos usar a baleia como transporte: voamos nas asas do Espírito Santo. Quando Deus fala, os pecados encobertos são revelados, os que tentam mentir ao Espírito Santo morrem. Deus está falando! Ouça o que o Espírito Santo diz as igrejas!

Alguns estão se especializando em querer ouvir somente o que lhes agrada, e quando Deus fala mais forte, se escondem da Sua palavra. Muitos já têm o seu pregador predileto, só ouvem o que alimenta a sua vaidade ou apoia a sua vida desobediente. Quando a mensagem lhes agrada, eles dizem: “Deus está falando comigo!”. Mas, se for uma exortação: “Deus está falando com você!”. Meu irmão, ouça a voz de Deus!

Pr. José Wellington Bezerra da Costa
Presidente da Convenção Geral das
Assembleias de Deus no Brasil

3 comentários:

  1. Excelente Reflexão, Nobre Pastor!

    ResponderExcluir
  2. Que possamos ter nossos ouvidos espirituais afinados,para ouvirmos sempre a voz de Deus......

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a reflexão, Deus em cristo continue abênçoando o Pr. José wellington..

    ResponderExcluir